Em 26 dez 1994 o telescópio “Hubble” passou para o centro do Goddard Space Flight Center em Grinbalte, e com centenas de fotografias retratando uma grande cidade branca, flutuando no espaço sideral. Pesquisas foram realizadas a partir da área do aglomerado estelar da Terra a uma distância considerável. A cidade não estava na superfície de um planeta – estava apenas flutuando no espaço.

9FF6A645-AA0C-49BA-AFA4-6159BBF36442

Apesar de reparos novos cotidianamente efetuados no telescópio Hubble da NASA, contudo essa instituição sempre se nega a liberar fotos antigas ou revelar novas fotos incomuns tiradas do Espaço.

Em 1994, um pesquisador contrabandeou uma foto top-secret tirada pelo Telescópio Espacial Hubble. Todos presumiram que se tinha tirado uma foto do que se presume ser o céu. A revista Weekly World News foi a primeira a imprimir a imagem e um relatório sobre as descobertas da Dra. Marcia Masson, contudo apesar da cobertura da mídia, a NASA recusou-se a reconhecer a existência da foto.

85C2F482-D335-4D4D-99BB-4F40C777A8A1

Depois que o telescópio Hubble foi consertado e a NASA ter oficialmente lançando alguns de seus novos achados, o editorial do Weekly World News, acredita que é responsabilidade da NASA investigar esta anomalia espaço.

A NASA ainda tem que responder muitas perguntas.

WASHINGTON, DC – Apenas alguns dias depois dos astronautas terem reparado o Telescópio Espacial Hubble, em meados de dezembro, a lente gigante focada em um aglomerado de estrelas na borda do universo – e fotografou o céu!

011DB06D-2750-40BF-AC92-733ED17FE38E

Uma Cidade Celestial no Espaço

Essa é a palavra da autora e pesquisadora Marcia Masson, que citou altos insiders de lugares da NASA que teriam dito que o telescópio irradiou centenas de fotos de volta para o centro de comando no Goddard Space Flight Center em Greenbelt, Maryland, em 26 de dezembro daquele ano.

As imagens mostram claramente uma grande cidade branca que flutua misteriosamente na escuridão do espaço.

E o especialista citou fontes da NASA, dizendo que a cidade é definitivamente o Céu “porque a vida como a conhecemos não poderia existir no espaço, sem ar gelado”.

“isto é o Céu – isso é a prova do que estávamos esperando”, disse a Dra. Masson aos jornalistas.

7DF6250B-3356-4162-B448-1918F679FB99

“Através de um derrame enorme de sorte, a NASA apontou o telescópio Hubble, precisamente no lugar certo, precisamente no momento de capturar diretamente estas imagens no filme”. Não sou particularmente religiosa, mas eu não tenho dúvida de que alguém ou alguma coisa influenciou a decisão de apontar o telescópio para esta determinada área do espaço.

“Foi Deus ou outro alguém? Dada a vastidão do universo, e de todos os lugares da NASA que poderiam ter como alvo de estudo, o que certamente não parece ser o caso.”

O porta-voz da NASA recusou-se a comentar sobre o relatório da autora e pesquisadora “pendente de análise mais aprofundada das fotografias recebidas em 26 de dezembro.” Apesar do silêncio oficial, os membros da agência admitem que a NASA “descobriu algo que pode alterar o futuro real de toda a humanidade.”

B9D036AA-E664-49E2-B3C9-45455DDBDC59

Eles também confirmaram que o presidente Bill Clinton e o vice-presidente Al Gore teriam tido um interesse pessoal nas fotografias e solicitaram briefings diários acerca das fotos e de suas pesquisas. A Dra. Masson disse: “O Telescópio Espacial Hubble foi projetado para fotografar imagens tão distantes como a borda do universo, mas uma falha da lente impediu de fazê-lo até que astronautas corrigiram o defeito durante uma missão posterior”.

Quando eles terminaram seu trabalho, o telescópio treinou seu olho de vidro enorme sobre os inalcançáveis exteriores do universo”.

“Pelo que eu entendo, as primeiras imagens que recebeu foram nada mais do que explosões caleidoscópicas de cor e luz”.

967FA4C0-4041-4F35-BA15-38A5CF9D4FAE

“Como foram feitos ajustes e o foco afiado, os analistas da NASA não podiam acreditar em seus olhos”.

“Após a verificação e reverificação dos dados, eles concluíram que as imagens eram autênticas”.

Eles também teorizaram que a cidade não poderia ser habitada pela vida como a conhecemos.

12AEABD8-3942-4A12-8ADC-9A897B4A923A

A única explicação lógica é que a cidade era habitada pelas almas dos mortos”. Como uma das minhas fontes disse, “Nós descobrimos onde Deus vive.”

Há rumores de que a agência espacial também enviou fotografias para o Papa João Paulo II atendendo seu pedido, mas fontes do Vaticano não confirmam e nem negam, porém um Padre de identificação preservada confirmou tais fatos assegurando que o Vaticano sabe de tais fotos.

A Dra. Masson, que obteve cópias de uma única fotografia a partir de suas fontes da NASA, diz que o próximo passo da agência espacial “será mais revelador.”

“Esta é uma oportunidade para a NASA vir ao público e dizer-nos tudo o que sabe”, disse ela.