Há alguns anos, uma equipe de pesquisadores partiu para Hawara, no Egito, para investigar um labirinto subterrâneo perdido, descrito por muitos autores clássicos como Heródoto e Estrabão. Os dados fornecidos pelas varreduras do radar realizadas pela “Expedição Mataha” produziram evidências conclusivas sobre a existência desse misterioso e misterioso labirinto subterrâneo.

A28E2E85-D29F-479E-B1BA-C0822E8E34FD

O site Hawara foi explorado em 2008 por uma equipe de expedição egípcia belga. Embora as técnicas de penetração no solo sejam usadas pelos arqueólogos há anos, a Expedição Mataha (Mataha = Labirinto em árabe) foi a primeira a aplicar essa tecnologia na areia para investigar o labirinto perdido.

B4E2FDC2-CDA9-4F56-9801-1084D950D50B

– O chamado Labirinto do Egito, um templo colossal descrito por muitos autores clássicos como Heródoto e Estrabão, poderia ser a chave que iria provar a existência de uma civilização que precedeu outras culturas antigas de que ainda têm vestígios na área.

A2F09711-6890-4DAD-A9B2-48355470015A

Acredita-se que este monumento, de dimensões colossais, contém 3.000 salas cheias de hieróglifos e pinturas, e que foi perdido por dois milênios sob as antigas areias do Egito. – Entre os autores que mencionaram o Labirinto do Egito, é importante mencionar Heródoto, que afirmou ter visto com seus próprios olhos esta estrutura subterrânea e cuja descrição é surpreendente. Em seu livro de histórias, livro II, Heródoto descreve o labirinto da seguinte maneira:

EU VI UM TRABALHO INCRÍVEL. SE ALGUÉM REUNIR AS CONSTRUÇÕES DOS GREGOS E MOSTRAR TODO O SEU TRABALHO EM CONJUNTO, PARECERIA MENOS ESFORÇO E DESPESA EM COMPARAÇÃO COM ESTE LABIRINTO. ATÉ AS PIRÂMIDES SÃO SUPERADAS POR ESTE GRANDE TRABALHO. E ENQUANTO FALO DAS CÂMARAS INFERIORES POR CAUSA DO QUE OUVI DOS OUTROS, EU MESMO VI OS SUPERIORES E TODOS ELES SUPERAM A TAREFA HUMANA “

E959CDE9-839F-4E2E-AC7A-13F56BFF2E4C

Heródoto estava se referindo a um labirinto de dois andares. Um que tem telhados de pedra gigantes e outro subterrâneo. Tentativas foram feitas para representar o labirinto como existia no tempo do autor. Entre eles os desenhos feitos por um arqueólogo italiano e uma reconstrução visual, Athanasius Kircher, Alemão egiptólogo e acadêmicos.

C766867F-AF42-4C52-BCCE-F616AF99CA8B

Durante Mataha resultados expedição que diziam presença de radar subterrâneo de várias cavidades em uma grade debaixo das areias foram Hawara Necrópole. No relatório dos resultados da expedição, foi escrito o seguinte: – Sob a superfície de pedra artificial aparece, apesar da ligeiramente distorcida pela presença de efeito das águas subterrâneas, a uma profundidade de entre 8 e 12 metros, uma estrutura em forma de grade de tamanho gigantesco feita a partir de um material de alta resistência que pode seja pedra granítica. Falamos da presença de uma estrutura arqueológica colossal sob a área de Petrie, que deve ser considerada como o telhado do labirinto ainda existente.

BB93D821-ABD8-429C-B948-1D0A70D8A3A4

– Após a descoberta do labirinto, o Dr. Zahi Hawass proibiu os membros da expedição de Mataha de publicar qualquer informação sobre a descoberta até que ele coletasse mais informações. No entanto, como a investigação nunca foi além, a expedição decidiu publicar esses dados interessantes em seu site. Já se passaram 8 anos desde a descoberta do labirinto subterrâneo em Hawara. – Infelizmente, o acesso à pirâmide de Hawara, atualmente, é inundado com água e lama, o que torna o labirinto provavelmente inundado. – Isto está encontrando a prova final de uma civilização perdida?