A UVB-76 (também referida como UZB-76, S28, MDZhB – em russo: Жужжалка) é uma estação de rádio de ondas curtas, que transmite uma frequência 4625 kHz. Conhecida entre os ouvintes de rádio ocidentais como The Buzzer, ela possui um pequeno e monótono  sinal, repetindo-se a uma taxa aproximada de 25 tons por minuto, durante 24 horas por dia. A estação tem sido observada desde 1982  e, ocasionalmente, o sinal de alarme é interrompido por uma transmissão de voz em russo.

207B96FB-A00B-43B9-B0FD-3EAE12C16036

O som transmitido dura em torno de 0,8 segundos, pausando por 1-1,3 segundo, repetindo incessantemente, lembrando um chiado igual ao de rádio acompanhado de um rápido barulho de um navio.

A estação é transmitida pelo menos desde 1982 com o repetitivo “pip” de dois segundos, mudando para uma campainha no início de 1990. Ela foi alterada brevemente para um tom mais alto e de maior duração (cerca de 20 tons por minuto) em 16 de janeiro de 2003, embora este som tenha sido revertido para o padrão de tom anterior.

79F634D3-8E88-4931-B076-BA01B1D8CD3F

A UVB-76 pode ser ouvida através do Wide-band WebSDR, digitando-se a 4625 kHz no campo “Frequency”. Esse repetidor é mantido pela University of Twente, na Holanda.

Mensagens de Voz

FC67623B-3D63-4B13-A428-32D40523A806

Em 05 de Junho de 2010, a UVB-76 ficou aproximadamente 24h em silêncio, retornando à sua transmissão normal no dia 06 de Junho. No dia 10, às 2130 UTC, uma série de códigos em morse foi transmitido por quatro minutos. Porém, no segundo semestre de 2010, uma onda repentina de atividade tomou conta da estação.

Ela começou no dia 1º. de Setembro, às 22:25 UTC, quando a UVB-76 transmitiu um trecho de 38 segundos de “Dança dos Pequenos Cisnes” do ballet O Lago dos Cisnes, de Tchaikovsky. Um pequeno fragmento em morse também foi transmitido. No dia 05, às 1230 UTC, uma voz feminina iniciou uma contagem de 1 a 9 em russo; uma hora antes, às 1339 UTC, uma voz feminina abafada leu uma mensagem em código.

A4EF8A15-E712-470B-A553-2598A56ADE9E

A transmissão seguinte foi em 07 de Setembro, às 0548 UTC: “Mikhail Dmitri Zhenya Boris. Mikhail Dmitri Zhenya Boris. 04 979 D-R-E-N-D-O-U-T. T-R-E-N-E-R-S-K-I-Y.” Ela foi a primeira de 25 mensagens transmitidas até o fim do mês de Setembro, seguidas por outras 56 entre Outubro e Dezembro. Em todas elas, com exceção da realizada em 10 de Setembro, o código inicial transmitido “UVB-76” foi substituído por “Mikhail Dmitri Zhenya Boris”, o que sugere que a estação de números foi rebatizada de UVB-76 para “MDZhB”.

Em 11 de Novembro de 2010 uma conversa telefônica foi acidentalmente transmitida por 30 minutos. Essa conversa está disponível em russo e menciona “o oficial da brigada de operações de plantão”, as unidades de comunicação “Debut”, “Nadezhda” (palavra em russo para “esperança”, que tanto pode ser um substantivo, como também um nome próprio feminino), “Sudak” (uma espécie de peixe de rio e também o nome de uma cidade na Crimeia) e “Vulkan”. A voz feminina diz “oficial de serviço no comando do nó de comunicação Debut, código Uspenskaya, recebi a ligação de controle de Nadezhda OK”.

Estranhos  barulhos  de som são ouvidos ao fundo

Frequentemente, conversas distantes e outros ruídos de fundo podem ser ouvidos pela estação: isso sugere que o dispositivo é movimentado por trás de um microfone ao vivo e constantemente aberto (em vez de uma gravação de som ou automatizada sendo alimentada através de equipamentos de reprodução) ou que um microfone pode ter sido ligado acidentalmente. Uma dessas ocasiões foi em 3 de novembro de 2001, quando uma conversa em russo foi ouvida: Я – 143. Не получаю генератор (Ya – 143. Ne poluchayu generator) “. “Идёт такая работа от аппаратной (Idyot makayak rabota ot apparatnoi)”. (“Eu sou o 143º. Eu não recebo o oscilador (gerador). ” “Isso é o que a sala de operações está emitindo.” ou “Essas são as ordens de operações.”)

Formato de transmissão dos códigos

A atual estrutura para transmissão de vozes é a seguinte

  • Mikhail-Dmitri-Zhenya-Boris (callsign МDZhB, sempre repetido duas vezes)
  • Mensagem codificada
  • Priom (Прием, no alfabeto cirílico. Sua tradução literal é “recepção”)

Quanto ao formato das mensagem, o mais habitual é com apenas uma palavra-chave, conforme o exemplo seguinte:

  • 93882 NAIMINA 7414 3574

A palavra-chave e os números são sempre lidos conforme o alfabeto fonético russo.No caso do exemplo acima, a mensagem seria lida como:

  • 9 3 8 8 2 Nikolaj Anna Ivan Mihail Ivan Nikolaj Anna 7 4 1 4 3 5 7 4

Outros

formatos de mensagem, que incluem mais de uma palavra-chave, também já foram transmitidos:

  • 79992 Bongu 9923 7768 7117 5770 BRONShchIK (por algum tempo formato muito comum, não mais usado)
  • 28138 KARIAMA 7756 0151 0551 5597 AGGRADACIYa GLAShATEL ‘7678 5508 (formato muito raro)
  • 48713 BRYaNTA 4893 6991 ORTOLAN 7463 1198 6910 4566 PROKLIZA HROMATIZM 5954 0194 (formato extremamente raro, ocorreu apenas duas vezes)

Houve muitas especulações sobre o significado desses números e palavras. Membros do grupo Priyom.org, propuseram que o primeiro grupo cinco números significa ID da unidade receptora, os demais seriam instruções contidas em um livro-código. Há também uma antiga teoria que afirma que os números transmitidos seriam coordenadas geográficas.

Lendas Conspiratórias 

 

Sempre existiram muitas lendas e histórias fantasiosas sobre a função da UVB-76 mas, com o advento da Internet, a rádio se tornou uma espécie de lenda contemporânea. Circulam pela rede dezenas de teorias que se propõem explicar a função da rádio, porém as duas mais famosas – e mais críveis – são as seguintes:

  • Comunicação das Forças Estratégicas de Mísseis

Segundo o ex-ministro das Comunicações e Informática da Lituânia, o propósito das mensagens de voz é confirmar que os operadores de outras estações de recepção estão alertas. Neste caso, a UVB-76 faria parte de um complexo sistema de comunicação ligado.

B0ED77AF-1B63-4379-8416-431C456C94B2

às Forças Estratégicas de Mísseis da Rússia (em russo: Ракетные войска стратегического назначения, РВСН), servindo o mesmo propósito que as mensagens Emergency Action Message (EAM), dos EUA.

  • Estudo da ionosfera, via Efeito Doppler

Essa teoria se baseia em um artigo publicado no Jornal Russo de Ciências da Terra, na seção sobre observações geofísicas. Segundo o texto, o Observatório Geofísico de Borok realiza estudos e medições da ionosfera utilizando o Efeito Doppler, através de emissão de ondas na frequência de 4,625 MHz. No entanto, essa teoria não explicaria as mensagens de voz em código.

A real função da UVB-76 é como parte do sistema de comunicação do Distrito Militar Ocidental (Западный военный округ),  transmitindo mensagens cifradas para fins militares. A fonte de suas transmissões é o 60º Hub de Comunicação (callsign Vulkan), localizado na Praça do Palácio, em São Petersburgo. As mensagens são enviadas em um formato conhecido como Monolyth (Сигнал Монолит, no alfabeto cirílico), que define seu nível de urgência e que é utilizado comumente na radiotelefonia militar russa.[21] Em situações pouco usuais, ocorre a transmissão de mensagens de comandos especiais, como por exemplo КОМАНДА 145 (Comando 145, em tradução literal). Verificou-se que o КОМАНДА 145 significa alerta de simulação, enquanto КОМАНДА 45 significa alerta real.

FFC74DE4-5509-415D-9A06-5D72F0CF8549

Existem mais três rádios, conhecidas como “The Pip” ( S30, operando na frequência 5448 kHz durante o dia e 3756 kHz durante a noite – amostra de som), “The SqueakyWheel” (ou S32, operando na frequência 5473 kHz durante o dia e 3828 kHz durante a noite – amostra de som) e “Plovets-41” (ou Пловец-41, operando na frequência 4325 kHz para transmissão de mensagens de voz e 4325.9 kHz para transmissão de código morse– amostra de som) que, assim como a UVB-76, transmitem um som repetitivo que ocasionalmente é interrompido para a transmissão de mensagens de voz.

The Pip e The Squeaky Wheel são transmitidas de 47°17’58″N 39°40’25″E, região de Rostov-on-Don, pelo 72º Hub de Comunicação (callsign Akaciya). Já a transmissão da Plovets-41 foi triangulada como tendo origem na região de Ecaterimburgo, atendendo ao Distrito Militar Central (Центральный военный округ).

Ligações entre a UVB-76, ‘The Pip’ e ‘The Squeaky Wheel

Em uma ocasião registrada, em 12 de Março de 2012, a S30, S32 e a UVB-76 transmitiram mensagens sequencialmente. O que sugere que ocorre uma retransmissão de informações, A seguinte mensagem foi transmitida

S30 ‘The Pip’ às 1508 UTC:

8S1Shch  89  859  RYeNTNYJ  38  18  55  80

S32 ‘The Squeaky Wheel’ às 1511 UTC:

Al’fa45 85  876  NABORNYJ  72  68  48  29

S28UVB-76′ às 1518 UTC:

MDZhB  38  466  DVOROVYJ  24  45  94  38

A S30 utiliza 8S1Shch [8С1Щ] e S32 usa Al’fa45 [Альфа45])Não há registros de eventuais retransmissões por parte da Plovets-41, embora entusiastas apontem ligação dela com uma quarta estação de números, conhecida por S6930.

Localização

Foto de satélite do transmissor da UVB-76 em Povarovo, Russia.

Até 2010 as transmissões da UVB-76 eram realizadas de um local próximo à Povarovo (N56°5’0″ E37°6’37”), uma cidade fechada (em russo usa-se o acrônimo “ЗАТО”, no alfabeto latino “ZATO”) que fica entre Zelenograd e Solnechnogorsk, a menos de 40 km de Moscou. Em setembro de 2010, o transmissor da estação foi transferido para perto da cidade de Pskov, situada no noroeste da Rússia, 70 km a leste da fronteira com a Estônia, e que possui pouco mais de 202.000 habitantes. Essa alteração na localização do transmissor pode ter sido realizada devido à reorganização das forças armadas russas. Em 2011, um grupo de exploradores urbanos explorou os edifícios abandonados em Povarovo, e afirmam que se tratava de uma base militar abandonada.