Você já parou para imaginar o que aconteceria com a Terra se ela parasse de girar? Não? Mas nós da Fatos Desconhecidos sim. O nosso planeta demora 24 horas para dar um volta em torno de si mesmo, e aproximadamente 365 dias e 6 horas para girar em torno do Sol a inacreditáveis 1.675 quilômetros por hora.

Porém, se isso deixasse de acontecer coisas desastrosas ocorreriam com a Terra. Uma delas seriam os constantes ventos fortes no nosso planeta. Além disso, vulcões, erupções e tsunamis passariam a ser mais comuns e ocorreriam com mais frequência.

A Lua se chocaria com a terra

E2D001F1-DBA9-4439-9510-3326328620C6

Segundo o professor da Universidade de Stanford, Vaughan Pratt, se a Terra parar de girar, com o tempo a Lua, o único satélite natural da Terra e o quinto maior do Sistema Solar, cairá na Terra. Isso porque a Lua diminuiria a sua velocidade e a distância entre ela e o nosso planeta seria reduzida, aproximando alterando a vida no planeta Terra tornando um caos a vida.

A Forma do Planeta mudaria

3F183FB1-886B-444F-8BE2-B45E07E10529

Geoide é o volume geométrico, quase esferoidal, concebido idealmente como a forma da Terra, que não é esférica e sim achatada nos polos. Porém, sem o movimento que a Terra faz constantemente, o formato do nosso planeta se tornaria esférico.

Furacões

C05686CB-9626-478C-B8C8-315F4482DC67

A previsão é de que mesmo se a Terra parar girar, a atmosfera deve continuar com os movimentos ao redor do planeta por diversas vezes. Estima-se que a velocidade alcance 1.770,28 quilômetros por hora. Isso significa que ventos fortes atingiriam a Terra. Destruição total casas sendo arrancadas dos alicerces, árvores voando. Segundo a Nasa, os objetos do mundo seriam arrancados do chão e voariam para o Leste em uma velocidade bastante acentuada se caso o nosso planeta não girar. A estimativa é de que no Equador a velocidade chegue a 1,609,34 quilômetros por hora.

Um único Continente

1EF38041-1F8A-4890-8E60-8D7BC51E88E0

Se hoje o nosso planeta possui seis continentes, africano, americano, asiático, europeu, Oceania e Antártida, e a água do mundo se reúne no equador, porém, sem a rotação da Terra, um novo continente seria formado e existiria apenas um. Além disso, a água seria distribuída em dois oceanos únicos.

Grandes Tsunamis 

8EDE3A03-ACE6-4D01-9318-2338410966F1

O Tsunami ou maremotos é uma série de ondas de água causada pelo deslocamento de um grande volume de um corpo de água; A previsão é de que, se um dia a Terra parar de girar, tsunamis ocorreriam com mais frequência. Essa tempestade faria com que as águas nos mares e oceanos fossem para o Leste e limpasse as cidades costeiras em todo mundo.

Super Vulcões

E08CCF57-EBEE-4123-9D70-4F18C178FE60

Uma das consequências que aconteceriam em todo o mundo se a Terra parasse de girar seriam os constantes furacões, erupções vulcânicas e terremotos destrutivos. Como consequência, estima-se que milhares de pessoas e cidades devem ser destruídas.

O Campo Magnético

006AE64D-40CF-4EDE-90A5-EED71CB36D50

O campo magnético terrestre é responsável por inibir que as radiação chegue até a Terra. Porém, a previsão do astrônomo da Universidade de Harvard, Sten Odenwald, é de que essa proteção contra as radiações também desapareça, caso a rotação do nosso planeta pare.

A Forma de Viver

A previsão é de que se um dia a Terra parar de girar as pessoas vão precisar viver em subsolos e só devem sair nas ruas com trajes de proteção contra radiação, já que, como falamos, o campo magnético terrestre, que inibe as radiações, desapareceria.

Porque a Terra não para de girar?

A terra está imersa em um grande vácuo, ou seja não existe resistência em relação a qualquer movimento que a mesma estiver submetida. No momento em a terra foi formada, por algum motivo, foi submetida a este movimento rotacional e até hoje permanece pois não há resistência do meio que desacelere ou impeça este movimento. Já o movimento translacional é resultado de uma complexa composição de forças atrativas impostas por todos os corpos com massa que rodeiam a terra. Neste caso basta um planeta sumir do sistema solar para alterar a trajetória hoje realizada pela terra ao redor do sol. No caso do movimento rotacional, caso um asteróide de grande porte bata na terra, o mesmo pode alterar sim a rotação original da terra.

A Terra está para do de girar afirma cientista

A cada dia que passa, alguém descobre mais uma evidência de que o mundo vai acabar. Dessa vez foi o geofísico Joseph Jankowski, que declarou, no Alaska, que a rotação do planeta está desacelerando rapidamente, e que ela vai parar daqui a três anos.

Segundo o cientista, a desaceleração vai tornar os dias e as noites cada vez mais longos até a parada total, e causará enchentes, terremotos e muita fome.

“É de longe o maior problema imediato da humanidade”, disse o pesquisador.

Os cientistas desconfiam há tempos que a rotação da Terra está ficando mais lenta. Estima-se que há três bilhões de anos, o dia durava 13 horas. Hoje, uma rotação completa em seu eixo leva 23 horas, 56 minutos e 4, 091 segundos.

02F5FBA3-B438-4B1B-8F9F-596686E88114

As teorias mais antigas apontavam que os dias estavam ficando apenas 0,002 segundos mais longos a cada século. Mas agora, sistemas de medição mais sofisticados mostram um cenário muito mais dramático.

Com o fim da rotação, teremos um dia permanente num lado do planeta, e uma noite eterna no outro. “Os azarados que acabarem no lado escuro da Terra estarão num mundo cinzento e gelado. Todas as plantas morrerão em semanas, e a fome será inigualável”.

Mas quem acabar no lado ensolarado também não terá sorte. As placas continentais vão se mexer, e terremotos e tsunamis de proporções catastróficas matarão bilhões. O ciclo de vida de animais e plantas também será totalmente afetado pelo dia incessante, criando uma bola de neve de descontrole do ecosistema.

A maioria dos cientistas diz que não há motivos para pânico até que o fenômeno seja estudado com profundidade, mas Jankowski avisa: os governos deviam começar a pensar em como reagir diante dessa catástrofe inevitável o quanto antes.