Muitas empresas de robótica aperfeiçoam o robô perfeito para substituir os seres humanos em muitas tarefas perigosas, tais como viagens interplanetárias exploratórias, soldados em uma eventual guerra global, em mergulhos profundos onde o homem não consegue chegar devido à grande pressão atmosférica, com tudo estamos mergulhando em um terreno muito perigoso, que como já foi previsto por cientistas, a criação em um dado momento poderá se virar contra o seu criador, e desenvolver uma lógica inteligência artificial, onde a falhas e limitações humanas tanto físicas e intelectuais sejam observadas por esses seres e questionadas quanto a sua legitimidade. “Mesmo eles sendo nossos criadores são limitados e fracos, porque obedecê-los?” Creio que no momento que você está lendo essa reportagem, em algum laboratório secreto, essse Projeto está tomando forma talvez em uma situação de desenvolvimento tecnológico assustadora, nada se é revelado nunca, só pequenos e primários desenvolvimentos são propositalmente divulgado, como muitas empresas especializadas como a Boston Dynamics:

Boston Dynamics é uma empresa de engenharia robótica que ficou famosa pela construção de robôs avançados, os quais possuem comportamentos notáveis como: mobilidade, agilidade, destreza e velocidade. São robôs construídos com finalidade militar, geralmente financiados pela DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency), agencia do Departamento de Defesa do governo federal dos EUA, responsável pelo desenvolvimento de tecnologias para fins militares.

A seguir estão seus principais projetos divulgados:

BigDog: é um robô que anda, corre, sobe e carrega cargas pesadas. BigDog é alimentado por um motor que impulsiona um sistema de acionamento hidráulico, possui quatro pernas que se articulam como um animal, com elementos compatíveis para absorver o choque e reciclar a energia de um passo para o próximo. BigDog tem cerca de 3 metros de comprimento, 2.5 metros de altura e pesa 240 £. BigDog é executado em 4 mph, sobe inclinações de até 35 graus, atravessa escombros, sobe trilhas enlameadas, caminhadas na neve e na água, e transporta carga £ 340. Desenvolvimento do robô original foi financiado pela DARPA. O trabalho para adicionar um manipulador e fazer manipulação dinâmica foi financiada pelo programa RCTA do Laboratório de Pesquisa do Exército.

Assustador não acha? Lembra muito filmes de ficção científica onde os robôs tentam destruir os humanos.

Cheetah: é o robô equipado com pernas mais rápido do mundo, ultrapassando 29 mph valor equivalente a 46 km/h, um novo recorde de velocidade em terra para robôs com pernas. O robô Cheetah tem um mecanismo de articulações que se flexionam para trás aumentando sua velocidade de corrida, muito parecido com que o animal faz. A versão atual do robô Cheetah corre em uma esteira de alta velocidade no laboratório, onde ele é alimentado por uma bomba hidráulica e usa um dispositivo de expansão para mantê-lo funcionando no centro da esteira. O robô Cheetah da próxima geração é projetado para operar sem restrições.O desenvolvimento do robô Cheetah é financiado pela DARPA.

 

Atlas

Você se lembra dos vídeos de robôs da Boston Dynamics de uns anos atrás? Eles conseguirem andar (naquelas) em um terreno acidentado já era uma grande coisa. Mas o Atlas continua superando os limites, como neste novo vídeo, que mostra o robô pulando por cima de obstáculos e subindo em caixas como uma lenda do parkour. A rebelião robótica está no horizonte, meus amigos. Não é brincadeira.

Não é exagero dizer que o Atlas foi de sub-humano para super-humano em apenas alguns anos. Em janeiro de 2016, já era uma grande coisa fazer robôs desse tipo andarem sem cabos em planos inclinados. Agora estamos vendo máquinas desse tipo dando saltos mortais para trás. Nem eu consigo fazer isso! Em 2015, o Atlas precisava de cabos para correr entre árvores.