Em uma das palestras mais aguardadas do III Fórum Mundial de Contatados, que ocorreu em Porto Alegre, Laura Eisenhower foi aplaudida de pé, ela falou da sua missão de expor os governos que trabalham com seres extraterrestres para manter seu poder e como as pessoas podem combater essa suposta dominação.

Estamos sob ataque, mas quando entendemos o jogo, nos libertamos. Nenhum ser ruim pode sobreviver se estivermos unidos e positivos”, disse ao público que assistia à sua palestra na capital gaúcha.

1E4540D4-3EB1-4DE4-8EFF-A0EBD606A632

Bisneta de Dwight Eisenhower, que governou os Estados Unidos de 1953 a 1961, Laura afirmou que ele acreditava na existência de alienígenas e UFOs e queria entender mais sobre o assunto. Ela também disse ter sido contada pelos seres desde criança e disso surgiu seu interesse em estudar e saber mais.

Considerada uma das vozes mais importantes da ufologia, Laura acredita que o universo está em um período de abertura. Devido a isso, haveria uma presença forte de alienígenas na Terra. O problema, segundo ela, é que parte deles teriam intenções ruins, de controle do planeta. “Os líderes mundiais sabem dessa influência, mas estão interessados em lucrar”, defendeu.

725EBA8C-FE62-49B8-8BB0-F92EFF658B73

Para a ufóloga, existe uma tecnologia extraterrestre é avançada que poderia ajudar a melhorar o planeta. “Muito disso é utilizado para o mal, como máquinas que podem fazer alterações meteorológicas e induzir supertempestades. Eles modificam nosso DNA, fazem lavagens cerebrais e nos enganam”, aponta Laura, que se considera uma ativista da Exopolítica.

3982BBE1-C668-495F-84D0-07A648C7281A

Em 2006, Laura diz ter sido recrutada para fazer parte de um programa americano chamado Alternativa 3, de colonização de Marte. “Eu não aceitei ir, pois eu acredito no poder do espírito humano. Estaríamos indo para as estrelas, mas precisamos cuidar desse planeta antes”. Para ela, os humanos levariam os mesmo dilemas e problemas para outros mundos.

“Às vezes eu sinto que vou ter um ataque cardíaco, mas estou bem”, desabafou ao lembrar que é difícil de lidar com a grande quantidade de informação. A solução, segundo a especialista, é aproveitar o período de conexão para se aproximar dos seres extraterrestres que querem o bem. “Só usando o amor e o crescimento espiritual vamos evoluir”, afirma.

8242E3B7-FAE6-496F-9CDE-4AD60CEE9FD6

invasão extraterrestre já ocorreu e os governos não querem que saibamos.
“Tem sido feito um enorme trabalho para encobrir a relação com os ETs  que mantiveram contacto com os nossos governos, e tem havido muito sigilo em relação aos que foram raptados, ou seja contactados – isto porque uma invasão já aconteceu e eles não querem que as pessoas saibam disso.
Essa invasão infiltrou-se em todos os sectores da nossa sociedade, em disfarce para a maioria, mas por demais evidente para muitos. Quando olhamos para o testemunho Whistleblower – é claro que algum tipo de acordo foi feito com um grupo de ETs e pelo que eu descobri, isso começou muito antes de Ike (ex-presidente dos EUA, Dwight David Eisenhower) entrar na presidência.”