Em novembro de 1998 eu fui seqüestrado, drogado e levado por dois homens encapuzados para uma instalação militar subterrânea. Durante este rapto eu também voei numa aeronave triangular sendo logo após deixado num grande hangar. Eu fiz várias regressões hipnóticas sobre este seqüestro quando descobri que tinha permanecido neste hangar quando surgiu-me uma pessoa que aparentava ser com um daqueles comandantes que transportaram-me naquela aeronave triangular que então indagou-me “Você não deveria estar aqui”…”O que você ainda está fazendo aqui”?…..E aí ele gritou comigo; “Porquê você ainda está aqui”!!! E então este piloto escoltou-me para fora deste hangar que conduzia para a entrada e saída de um túnel subterrâneo que aparentava ser uma via de acesso subterrânea. O piloto estava nervoso e respirando ofegantemente e procurava por alguém que pudesse esclarecer-lhe porque eu fui deixado sozinho no hangar após ele me liberar. Meu papel no projeto da cadeira montauk era para utilizar meus dons de visualizações, para focalizar meus pensamentos em pontos específicos de épocas da história, que foram determinadas para mim. A cadeira era conectada a um sofisticado sistema de computador e amplificava o pensamento, de modo que quando um pensamento ou época no tempo era visualizada, o computador simulava um portal do tempo baseado neste período de tempo. 

2DFEA2D8-6355-4A30-AF34-E1529A7514C2

Uma série de portais do tempo foram feitos, até que uma coleção de períodos do tempo e portais, foram se acumulando. A cadeira também era utilizada, para aumentar extremamente a visualização dos pensamentos, para se criar materializações na terceira dimensão baseados nos pensamentos dos operadores. Preston Nichols escreveu vários livros sobre o Projeto Montauk e descreveu um incidente em que Duncam Cameron criou um monstro na época que operava a cadeira Montauk. Uma certa missão de viagem no tempo foi chamada de Projeto Cruzeiro do Sul. Esta missão foi empreendida para vencer a segunda guerra mundial a favor dos aliados. O que o governo dos E.U.A fez foi usar a viagem no tempo para voltar na época de 1940 para nos ajudar a ganhar a guerra. Nós cederíamos aparelhos de comunicações, armas e tecnologias de componentes fabricados na década de 1940s. Estes aparelhos seriam entregues na década de 40 juntamente com uns desenhos sobre como fabricá-los usando peças da década de 40. Eu participei de algumas dessas entregas, e uma vez, eu fui enviado para a Alemanha e em outra ocasião para a Inglaterra. Não me foi permitido falar com qualquer pessoa, exceto, entregar meu pacote e retornar rapidamente para nossa época. 

8A72C38D-5CA6-47DD-B2DE-63C06D461C66

E isto tudo foi feito sob uma profunda programação hipnótica, e dessa forma, eu não tive muita liberdade para explorar. Eu tinha gasto não mais do que duas horas nestas entregas. EL: Você se lembra de algum dia ter encontrado ou visto algum extraterrestre?

AP: Eu acredito que o Departamento da Marinha firmou algum acordo com os inteligências alienígenas, para trocar tecnologias entre mulheres e crianças, na condução de experiências de fertilização. Isso é o que está acontecendo agora numa base subterrânea perto de Miami/Flórida. Umas das minhas lembranças mais perturbadoras é ter sido levado por um corredor Apesar de negar, o governo dos EUA continuou financiando projetos secretos nesta área. Em 1.977, uma nova operação – o Projeto Grillflame forneceu ao exercito e aos serviços secretos, espiões psíquicos. Foi criado então um novo centro de “espionagem”, em Forte Mead (Maryland), com especialistas psíquicos do Centro de informação de Segurança (CIS) do Exercito. Operação “STARGATE” Oficialmente, o projeto Grillflane extinguiu suas atividades em 1983, mas na verdade, prosseguiam em sigilo financiados por verbas do Pentágono. Mudou-se o nome do projeto – denominava-se agora “Centerlane” – mas a Agência da Informação da Defesa manteve os mesmos objetivos. As autoridades estavam impressionadas com os resultados. Segundo o Gal. Edmund Thompson, a técnica de “espionagem” era real e “não estávamos interessados em explica-la, nem em esclarecer sobre sua utilização”. Ao que parece, a equipe de Grillflane investigou assuntos paranormais por todo o mundo. Entre seus sucessos, estão incluídos: a procura de túneis secretos entre a Coréia do Norte e a Coréia do Sul; a localização de um bombardeiro soviético que havia sido atingido na África; o assassinato do Presidente Park na Coréia do Sul; a localização de testes nucleares e a captura de um espião soviético na China como também descrições detalhadas dos campos de treinamentos dos terroristas do Hezbolla no Oriente Médio e informação estratégica do paradeiro do Gal. Mu’ammar al-Gaddafi durante o ataque aéreo á Trípoli. Sem garantia de sucesso, foram abertas investigações sobre a espionagem psíquica dentre outros projetos do Pentágono. As conclusões das investigações em Fort Mead, continuam sendo sigilosas mas em 1.986 o projeto STARGATE foi definitivamente cancelado. Ou será que não? plano da N.W.O. Por enquanto, os grupos europeus e ingleses de dinheiro velho, juntos com as facções nazistas remanescentes Judias e Americanos que formam o grupo que sempre foi conhecido e associado como Illuminati e ligados a facções secretas. Esse enorme grupo internacional controla a mídia, força policial, militares, etc. O Illuminati também faz parte do plano da N.W.O que inclui membros como George Bush, Principe Charles e outras pessoas importantes. Quanto as inteligências alienígenas, acho que a maioria deles estão sob a autoridade ou colaboração dos  Illuminatis, baseado em algumas de minhas experiências e memórias que ainda estão retornando a mim. Alguns destes grupos dos Greys estão em conflito com a agenda de outras inteligências, que vem realizando suas próprias ações (programas de hibridização), assim dizendo.

Eles planejam entrar na densa matéria espiritual querendo obter um corpo emocional e uma habilidade para ascender para dimensões mais elevadas. Eles estão usando humanos para executar esta via entre híbridos humanos/aliens. Mas os humanos possuem a chave em termos de terem uma essência trina ou unidade de existência, física,  emocional e espiritual. Outros alienígenas perderam esta unidade de existência (porquê eles perderam a graça de Deus), logo eles perderam sua ascendência para dimensões superiores ou evoluir para níveis mais altos. Isto retorna para a original rebelião Luciferiana, de anjos decaídos e dos vários conflitos entre espécies.

7A2F747E-0BDF-4F89-BEBF-A87D4466F45C

EL: Quando você começou a se lembrar de suas memórias? Como você conseguiu ou consegue interferir na programação por eles instalada?
AP: Algumas das minhas primeiras memórias surgiram na época que eu estava morando com um companheiro de quarto em Atlanta, Geórgia em 1996. Nós fomos a um boliche e eu tive uma visão com a forma de um homem vestido como um rinoceronte, com os dizeres “Jogue boliche com bolas Rinoceronte”. Isso me lembrou que Rinoceronte era o nome que os meus manipuladores nazistas me chamavam. O meu companheiro de quarto me ouviu dizer “eu sou Rinoceronte e eles me chamaram de Rinoceronte”. Ele se emocionou e me perguntou, “onde você escutou isso” e ele parecia sério e me perguntou. Pela sua reação eu mais tarde compreendi que ele tinha sido um dos meus programadores e manipuladores. A primeira lembrança, que fez com que eu mudar-se para os EUA em 1.967 havia visitado os laboratórios psíquicos soviéticos -, era a ligação com o pensamento. O doutor Nicolai E. Khoklov, que desfiliou-se da KGB em 1.954, afirmava que estavam sendo empreendidas experiências com armamentos “psicotronicos” para destruição psíquica de mísseis, nutilização de sistemas de radar e alteração dos componentes eletrônicos de computadores. Khoklov assinalou que em uma experiência conseguiram fraturar a coluna vertebral de uma pessoa utilizando este tipo de energia, Verídicos ou não tais casos, os EUA encontravam-se em condições inferiores no campo paranormal. Em 1.971, o astronauta Edgar Mitchell, da nave espacial Apolo 14, tentou sem êxito uma comunicação telepática do espaço com um especialista. No ano seguinte a NASA tentava criar então uma máquina que facilitasse a comunicação telepática através do espaço. O projeto foi impossível de ser empreendido, entretanto, os cientistas que foram contratados – Harold Puthof e Russell Targ, do SRI da California – prosseguiram com as pesquisas e a NASA continuou financiando-os. Aproximadamente 70% do orçamento do SRI era proveniente de contratos governamentais. Em 1.972, Targ e Puthof, doutores especialistas em física quântica e em raios laser e microondas, receberam a visita de Ingo Swann, um paranormal e pintor modernista de Nova York, membro da Sociedade Americana de Estados Psíquicos (SAEP). Ele estava pesquisando um método de “espionagem”, para se visualizar psiquicamente lugares e coisas. Targ e Puthof perceberam o grande potencial desta capacidade mental e organizaram então uma equipe dotada com poderes psíquicos, conduzida por Swann e Pat Price. As experiências foram sucedidas e em pouco tempo, os serviços de espionagem interessaram-se por esta descoberta. Em outubro de 1.972, ocorreu uma reunião secreta, onde estavam presentes.