O termo contato imediato é uma tradução do inglês Close Encounter, que abrange todo tipo de fenômeno que envolva um OVNI e um humano, por exemplo. Segundo o Centro Brasileiro de Pesquisas de Discos Voadores, existem 7 graus de contatos imediatos. Entenda cada tipo!

Contato Imediato de Zero Grau (CI-0) – Ocorre quando um ser humano visualiza um OVNI a uma grande distância. Esse é o contato estabelecido quando uma pessoa comum afirma ter experimentado a observação ou o avistamento de um objeto voador não identificado, sem necessariamente ter um contato próximo com ele. Esse é o tipo de contato imediato mais relatado no mundo.

 

  • luzes misteriosas
  • grandes distância

 

 

72CE3C59-7E26-46E6-B2A7-F9CAEABC7E79

Contato Imediato de Primeiro Grau (CI-1) – Esse tipo de contato imediato é caracterizado pela observação de um OVNI a uma curta distância. Nesse contato, a pessoa é capaz de observar e relatar detalhes sobre o UFO, como seu formato, as luzes e outras informações relevantes.

  • discos voadores
  • objetos voadores não identificáveis como feitos pelo homem.

CD3F546A-8C2E-45C8-8363-E50BF1814E81

Contato Imediato do Segundo Grau (CI-2) – Esse contato acontece quando um ser humano visualiza um OVNI pousando ou sobrevoando uma área próxima. Normalmente, esse tipo de contato deixa alguma marca ou evidência, como rastros no solo, fragmentos ou falhas na vegetação. Os observadores do fenômeno também costumam relatar perturbações aos animais, causadas pelo UFO.

  • calor ou radiação;
  • danos ao terreno;
  • círculos nas plantações;
  • paralisia (catalepsia);
  • animais assustados;
  • interferência no funcionamento de máquinas;
  • perda de memória associada ao encontro com o OVNI.

BA894567-2ABF-4AB9-BF4F-045043A0853A

Contato Imediato de Terceiro Grau (CI-3) – Nesse contato imediato, o ser humano é capaz de observar os tripulantes de uma nave espacial, sem manter uma comunicação efetiva com eles. Os seres extraterrestres podem ser vistos dentro ou fora do OVNI.

  • A) uma entidade é observada apenas dentro do OVNI;
  • (B) uma entidade é observada dentro e fora do OVNI;
  • (C) uma entidade é observada próxima ao OVNI, mas nem entrando nem saindo dele;
  • (D) uma entidade é observada e nenhum OVNI é avistado, mas atividades de OVNIs são relatadas na mesma área e momento;
  • (E) uma entidade é observada e nenhum OVNI é avistado, e nenhuma atividade OVNI é relatada naquela área naquele momento;
  • (F) nenhuma entidade ou OVNI é observada, mas o alvo experimenta alguma forma de “comunicação inteligente

0E6DE918-30D5-4495-8A6F-5AE6861451F5.jpeg

Contato Imediato de Quarto Grau (CI-4) – Esse contato prevê a observação dos tripulantes do UFO e também algum nível de comunicação com os seres extraterrestres. Essa comunicação pode ser estabelecida por voz, gestos ou telepatia.

BE3C715E-3D91-4F3F-AD78-F35B7F030DEB

Contato Imediato de Quinto Grau (CI-5) – Este é o contato mais profundo, mas íntimo que os humanos têm com extraterrestres; é dada pela entrada do observador à nave voluntariamente ou não e, no caso de ser à força dá-se o nome de abdução. Em alguns relatos os abduzidos foram tratados de uma forma não tão agradável tratando-se, assim, de uma comunicação não compreensível entre nós seres humanos e os visitantes de outros planetas.

3EAE9A6D-5924-4091-8D26-2463FFE74A64

Os tipos de interação (CI-6) e (CI-7) podem ser considerados redundantes para alguns Ufólogos, visto que já fora descritos acima.

Contato Imediato de Sexto Grau (CI-6) – O ufólogo Michael Naisbitt propõe que o cenário do encontro de sexto grau existe quando um incidente com um OVNI provoca diretamente ferimentos ou a morte. Esta categoria tem sido considerada redundante, uma vez que a escala original de Hynek descreve o segundo grau como um encontro que deixa uma evidência física de qualquer tipo.

Contato Imediato de Sétimo Grau (CI-7)– O Black Vault Encyclopedia Project propõe um encontro de sétimo grau como sendo um acasalamento entre um ser humano e um ser extraterreste (ver Caso Vilas-Boas), produzindo um ser híbrido, ou experimentos, ou talvez até a morte. O conceito é similar ao proposto pela teoria dos astronautas antigos como Erich von Däniken, Zecharia Sitchin e Robert K. G. Temple, onde extraterrestes interagiram e possivelmente influenciaram seres humanos no passado.

37907062-52C6-4C8D-83E1-BDD186DCC219.jpeg

O conceito deste sétimo grau não combina com os conceitos originais de Hynek, que especificamente evitou descrever os ocupantes dos OVNIs como “alienígenas” ou “extraterrestres”, levando em consideração que não há evidências suficientes para determinar a natureza física dos seres, ou mesmo seus motivos.