O grande extermínio da população humana começou silenciosamente, dissimuladamente, insidiosamente e sem piedade. Uma agenda de despovoamento foi lançada a nível global. Enquanto isto se desenrola, a grande maioria da espécie humana será exterminada geneticamente, será geneticamente aniquilada.
Será que você e a sua linhagem irão sobreviver?

É isso que este artigo explora: Quais são as ameaças à sua vida e descendência, bem como à integridade genética. Como se pode proteger contra estas ameaças? Porque é isto  uma agenda de despovoamento global? Quanto melhor entender o que se está a passar, mais hipóteses terá de sobreviver ao extermínio.

Em primeiro lugar temos de descartar a ideia de que se trata de algum tipo de teoria da  conspiração. Banqueiros e financeiros de poderio mundial como Ted Turner e Bill Gates, discutem abertamente a redução da população humana mundial em cerca de 90%. Bill Gates em particular, investe tecnologia para a infertilidade: OGM e vacinas, os quais são propositadamente concebidos para causar infertilidade e parar novos nascimentos, para assim reduzir drasticamente a população.

427F5BBE-6279-409B-B39A-75EC47B1F209

A fundação Bill e Melinda Gates, financia a Universidade da Carolina do Norte, no desenvolvimento de tecnologia de infertilidade através de ultra-sons, que pode tornar estéril o esperma humano até 6 meses. Relatado pela BBC, esta tecnologia mostrou-se eficaz em ratos e é apenas um dos 78 diferentes projectos de pesquisa financiados pela Fundação Gates, sob o disfarce de “programas globais de saúde. Bill Gates explicou a sua famosa agenda de despovoamento, através do uso de vacinas, com esta citação,  numa audiência TED ao vivo em 2010:

“O mundo tem hoje  abs s de 7 biliões de pessoas … e está a caminhar para os 9 biliões. Agora, se fizermos um trabalho realmente grande em novas vacinas, cuidados de saúde, serviços de saúde no campo da reprodução,  poderia ser reduzida talvez em 10 ou 15 por cento.

“Eliminar os fracos”

Este é o desejo dos controladores globais e não é segredo. Não é debatido. Isto é, o que os políticos de hoje, burocratas e até mesmo alguns activistas mal informados do movimento “ambiental” desejam alcançar – É a redução da população mundial para menos de um bilião de pessoas. Para eles, a humanidade é vista como uma ameaça ao planeta e até mesmo a si próprio.

De um certo ponto de vista, esta análise pode ser realmente correcta. É difícil ver, pois hoje a sociedade ocidental tornou-se estúpida, feita de consumidores manipulados, vergados e absolutamente previsíveis – mergulhada em jogos de vídeo, televisão e fast food – e não pode oferecer quaisquer contribuições significativas para o futuro da civilização humana. Então, do ponto de vista dos controladores globais “o abate do rebanho”, o extermínio da humanidade é realmente uma coisa boa. Isso torna a humanidade mais forte, dizem eles. Em grande parte a Natureza comporta-se desta forma: Os fracos de um grupo, são os que se abatem no mundo dos  animais selvagens e isso melhora o salto genético total das espécies-alvo como um todo.

DD991B1E-C78D-45B4-89D2-5693708382B4

Os globalistas argumentam que os saltos do gene humano estão parados. Começaram a reproduzir fracos e  estúpidos tanto quanto todos os outros – se não mais. O salto genético humano tem de ser activado, dizem eles, e a única maneira de o activar é chegar a um ponto em que temos uma espécie capaz de chegar às estrelas e se assim é, esses têm é de eliminar aqueles que não são inteligentes o suficiente, para merecer um lugar nos genes humanos .

A palavra para isso é Eugenia.  Adolf Hitler perseguiu a mesma filosofia: melhorar a raça humana através de genocídio. Eliminar o fraco, o feio, o estúpido. Fogo nos incineradores, desarmar os alvos a serem exterminados e agrupá-los em câmaras de gás, ou poços abertos.

Eugenia moderna

Os eugenistas de hoje são mais subtis. Aprenderam  por experiência que o gaseamento aberto de populações inteiras, não conquista os corações e a mente do público. Então,  desenvolveram métodos secretos para fazer a mesma coisa. Estes métodos incluem  convencer as pessoas a comer alimentos geneticamente modificados – que promovem a infertilidade – a beber flúor, tomar vacinas, usar produtos químicos sintéticos,  aumentando os abortos e buscam outras acções quer seja matar pessoas directamente, quer seja reduzir drasticamente as taxas de reprodução.

A ideia por trás delas é que, primeiro, o abate da raça humana pode agora ser feito sem todas as imagens horripilantes de câmaras de gás da Alemanha nazi. Enquanto os judeus na Segunda Guerra Mundial tiveram que ser forçosamente alinhados e amontoados em vagões de combóio, as vítimas de hoje da eugenia alinham-se voluntariamente em farmácias para serem injectadas com vacinas contra a gripe, que contêm vírus furtivos do câncer e que provocam a mesma coisa: a morte.

A Morte por vacinas é apenas mais lenta e mais dissimulada do que a morte por Zyklon B. (Gás usados pelos Nazistas)

O teste de grande inteligência

É importante ressaltar que as propriedades genocidas das vacinas, OGM, aditivos químicos, medicamentos e outros produtos químicos sintéticos, funcionam como uma espécie de teste de inteligência para a população. Aqueles que rotineiramente tomam vacinas são, naturalmente, estúpidos. Eliminar as pessoas estúpidas – ou “bocas inúteis” – do salto genético é um dos objectivos dos controladores globais. Assim, a propaganda da vacinação serve como filtro perfeito para remover genes “estúpidos” do salto genético humano. Isto é sem dúvida, a razão porque os globalistas empurram tão agressivamente as vacinas para as  famílias de baixa renda –   e idosos. As equação deles:  “baixa renda” igual a “não qualificado para se reproduzir.” “idosos” igual a “pensões ou reformas” igual a “extermínio”.

E51765CE-6B7D-45E6-9E0D-4A809C78C66E

É importante ressaltar que as vacinas contêm vírus furtivos de câncer que são passados ​​ao longo através de múltiplas gerações. Os SV40 vírus introduzidos à população através de vacinas contra a poliomielite em 1950, ainda hoje existem nos netos daqueles que foram os primeiros vacinados. Isso é admitido abertamente por cientistas que ajudaram a desenvolver essas vacinas.

Ao mesmo tempo, a eficácia destas vacinas é completamente e totalmente fabricada, como já foi exposto por dois cientistas infiltrados que resolveram alertar  sobre a fraude científica que estava a ocorrer na Merck.

Muitos medicamentos causam directamente a infertilidade, por sinal o Propecia, uma droga contra a calvície da Merck, já foi ligada à infertilidade e transtornos da ejaculação.

O jogo começou: Você está vivendo um jogo de realidade chamado de “Survivor”  ou Sobrevivente. O grande quadro aqui é este:  Você é um concorrente num jogo da realidade chamado  “Survivor”. Se você ganhar, poderá sobreviver e seus genes passam a representar o futuro da raça humana. Se você perder, a sua linhagem genética é aniquilada … serão permanentemente removidos do futuro da raça humana.

31F852B9-EB7A-4F62-AC9A-7ED5B6BCF3D2

O meu objectivo é ajudá-lo – o leitor inteligente de NaturalNews – deve garantir que o seu material genético permanece no lado sobrevivente  desta equação. Eu quero que ganhe ao Bill Gates no seu próprio jogo. E sobreviver é ganhar.

Lembre-se: o objectivo dos controladores é de matar cerca de 90% da população existente, seja através de uma acção armada ou  “fast-kill”, ou lento a matar “slow kill”, o  método de causar a infertilidade global. Enquanto Bill Gates só mencionou publicamente a 10% – 15% na sua cotação de redução em 2010 (acima), Ted Turner anunciou publicamente, em vídeo, que acredita que a população deve ser reduzida em cerca de 70% para um nível de “dois mil milhões”! Pode ver aqui o vídeo impressionante, filmado por Lucas Rudkowski, em:https://www.youtube.com/watch?v=b-X3sJKtVJE

Por trás da cena,  em reuniões secretas, os níveis de redução da população reais, estão a ser discutidos  na faixa dos 90%. Se este  objectivo é real, isso significa que uma pessoa comum só tem a hipótese de 1 em 10 de ganhar o jogo como sobrevivente.

Neste artigo, mostro como inverter essas probabilidades, dando-lhe uma chance de cerca de 90% de ganhar o jogo como sobrevivente. Essa é a vitória final: SOBREVIVER, ter bebés saudáveis, e criá-los de forma a contribuir para a melhoria da civilização humana. Provavelmente há muito pouco que você ou eu possamos fazer para parar o extermínio de 90% da população e porque muitas pessoas hoje parecem empenhadas na sua auto-destruição . Mas pelo menos podemos ter certeza de que permanecerá nos 10% dos sobreviventes que passam a ter uma prole saudável e a contribuir para um futuro de liberdade, liberdade e progresso espiritual.

Então, para começar, vamos primeiro explorar as ameaças à sua vida e à sua fertilidade. Estas são coisas que você deve evitar se quiser  ganhar o jogo.

As sete ameaças à sua sobrevivência e fertilidade

1) OGM – Foram concebidos para crescerem com produtos químicos venenosos, directamente nas culturas. Os Organismos Geneticamente Modificados, também foram projectados para causar a esterilidade ou infertilidade, em qualquer mamífero que as consuma.

2) Vacinas – Compostas com vírus furtivos do câncer e adjuvantes químicos. As vacinas são a principal causa por trás das taxas crescentes  de defeitos de infertilidade, parto e abortos espontâneos. As vacinas estão a ser agressivamente administradas em bairros minoritários e áreas de baixa renda.

3) Chemtrails – Formulados com bário, alumínio e outros metais pesados os chemtrails por exposição humana a metais tóxicos, prejudicam o funcionamento do cérebro e da função neurológica. Esta exposição pode contribuir para a defeitos congénitos e deformidades, mas os detalhes precisam ser mais explorados e estudados.

4) Prescrição de medicamentos -A prescrição de  medicamentos e de quimioterapia causam danos no ADN,  impotência, diminuem a qualidade do esperma e a  qualidade dos óvulos.

5) Os aditivos químicos alimentares – Estes produtos químicos danificam o ADN e qualidade dos óvulos, causando infertilidade a ser transmitida através de várias gerações de fêmeas. O que você come hoje pode danificar os óvulos da sua bisneta. Os Venenos nos  alimentos  incluem agora  nitrito de sódio (em quase todas as carnes processadas), MSG, aspartame e conservantes químicos.

6) O lançamento de armas biológicas – Um possível “fast-kill” é um cenário que está a ser explorado por governos do mundo, um lançamento de armas biológicas pode dizimar milhares de pessoas e depois ser atribuído convenientemente  a qualquer bode expiatório desejado, como um grupo terrorista fictício. “Nós estamos em guerra com a Eurásia!”

7) Fascismo dos  Alimentos – gerando fome – Empresas como a Monsanto estão à procura do domínio global total (e propriedade corporativa) especialmente na oferta alimentar. Este conceito é chamado de “fascismo dos alimentos”, e permitirá corporações e governos determinarem quem come e quem passa fome. Observe como hortas estão sob ataque?  centros de leite cru é surpreendida com uma arma?  Quintal pecuária está sendo criminalizado? Isso tudo é parte do assalto fascista dos alimentos que já está em andamento no nosso mundo.

Essas são as principais ameaças para a sua sobrevivência e fertilidade. O que vem depois é a forma de os vencer.

47DCE4AF-E2C9-4C55-9024-DDB19FF33076

As 10 estratégias para bater as probabilidades e ganhar

# 1) Evite todos os venenos – Isto significa eliminar todos os OGM, flúor, aspartame, glutamato monossódico, fragrâncias artificiais, medicamentos químicos, aditivos alimentares químicos e todos os outros produtos químicos sintéticos da sua vida. Para a maioria das famílias, isso significa esvaziar a sua despensa, quarto de banho, bancadas da garagem e do jardim. Lembre-se: Os controladores globalistas  recusam-se a comer OGM e consomem apenas alimentos orgânicos. Você já se perguntou porquê? Porque eles sabem que os produtos carregados de químicos , os alimentos geneticamente modificados estão a ser  usados para matar as massas desinformadas.

# 2) Use a nutrição para proteger o seu ADN – Isso é absolutamente crucial. Boa nutrição (superfoods, mineralização elevada, antioxidantes, concentrados de plantas, etc) podem impedir os danos no ADN a partir da  exposição a níveis baixos de radiação, bem como a produtos químicos tóxicos. Acima de tudo, uma boa nutrição aumenta a saúde reprodutiva, a qualidade do esperma, qualidade do óvulo e até mesmo o funcionamento do cérebro (para que possa pensar mais claramente e não se sinta assediado pela propaganda globalista).

# 3) Não vacinar os seus filhos – Esta é uma defesa fundamental contra o extermínio. Aqueles que vacinam os seus filhos, estão a  condená-los a riscos acrescidos de infertilidade, colocando toda sua linha genética em risco de aniquilação. Ao evitar as vacinas e permitir que seus filhos naturalmente façam frente à gripe ou sarampo, você torna-os realmente mais fortes e mais resistentes a infecções futuras.

28185F60-D8C7-4B4B-AC88-AC5A3856062CR

# 4) Cultivar o seu próprio alimento – A única comida que você pode realmente confiar é a comida que você cultiva. Utilizando sementes herdadas, antigas. A imensidão de minerais contidos na água da chuva e depois no solo, fazem crescer os alimentos que nutrem o seu corpo e cérebro. Guarde as suas sementes e volte a plantá-las a cada temporada. Com o tempo, vão-se adaptar aos seus solos e clima específicos, melhorando a produtividade e viabilidade das sementes. Veja a solução,  nossa herança, a semente da sobrevivência.

# 5) Aprenda habilidades de auto-defesa e de segurança física – Esteja preparado fisicamente para defender a sua vida em casa e propriedade contra os tiranos, saqueadores, criminosos ou até mesmo zumbis (!). Aprenda as habilidades fundamentais de auto-defesa, a competência arma e pontaria.

# 6) aprenda a rejeitar a propaganda mainstream – A fim de proteger a sua mente, você deve recusar-se a submeter-se à propaganda de entorpecimento mental dos grandes Media. Isso significa deitar ao lixo a sua televisão, desligar notícias via canal cabo, e mudar para fontes de informação que dizem a verdade, tais como sites e livros.

# 7) Não tente “salvar”  todos –  A maioria das pessoas  serão abatidas. Já estão além da esperança, depois de terem sido envenenados com flúor, vacinas, OGM e outros produtos químicos e num estado de negação total. Ter compaixão por eles, pois eles são os últimos de sua espécie é o máximo que poderemos fazer. Tente encontrar outros sobreviventes conscientes e informados e faça por conhecê-los.  Partilhe competências e conhecimentos. Formem um plano de defesa da comunidade para a possibilidade do pior cenário. Treinem-se um ao outro e espalhem as habilidades por todo o grupo. Não há força nos números.

# 8) Siga a filosofia de redundância do núcleo  –  Examine toda infra-estrutura crítica necessária para apoiar a sua vida – comida, água, calor, abrigo, medicamentos de emergência, defesa, comunicações, etc – e coloque na camada em segundo lugar, um mínimo de redundância  para cada um.

# 9) Treine-se para a adaptabilidade mental –  A fim de sobreviver, você não deve permitir-se a ser bloqueado dentro da “visão de túnel” do pensamento estreito. Para sobreviver, você deve ser capaz de adaptar-se, resolver problemas e usar os recursos de maneira inovadora. O treino para isso, pode incluir a resolução de enigmas mentais (incluindo jogos de “resolução de problemas” jogos de vídeo quebra-cabeças). Explorar ao ar livre, aprender novas habilidades (como malabarismo), e experimentar novos hobbies. Não deixe a sua mente estagnar. Você vai precisar dela para ser flexível.

# 10) Evite a exposição às radiações –  Nada danifica mais rapidamente o seu ADN, do que as fontes de radiação que estão à nossa volta. A partir dos scanners corporais da TSA nos aeroportos, no TAC receitado pelo seu médico…  esses procedimentos são altamente prejudiciais, prejudicam o ADN e a fertilidade. Evite o uso de telefones celulares, os medidores inteligentes e até mesmo wi-fi, se possível. Especialmente evite exames de imagem médica, odontológica, raios-X e exames de segurança de todos os tipos. Os danos da radiação são acumulativos, o que significa que piora a sua saúde progressivamente ao longo do tempo, se exposto a doses repetidas de baixo nível de radiação.

BCBD22B2-AD45-4B90-87C0-3E6604E48565

Não seja uma vítima, seja um sobrevivente

O ponto de toda esta informação é simples: o “O Grande Extermínio” está em força e em acção Esse é também o nome de um novo documentário  que vai sair e será anunciado aqui no NaturalNews:www.TheGreatCulling.org

A Redução da população já começou. Para muitos, já é tarde demais, para os seus filhos e netos, porque o seu ADN  foi já comprometido para além do reparo. Não vão perceber isso até que seus filhos ou netos não possam ter os seus próprios filhos, mas o dano foi feito agora … hoje … no nosso tempo.

Lembre-se: Os óvulos que produzem a neta de uma mulher, são formados dentro do útero de sua própria filha, durante o tempo em que a filha está se formando em seu ventre. (Sim, realmente.) O que uma mulher grávida come hoje, por outras palavras, molda directamente a qualidade de óvulos da sua neta. Isto também significa que é preciso, no mínimo, duas gerações para  recuperar da exposição a substâncias químicas tóxicas.

Anos atrás, usei o termo “Genopocalypse”. O Genopocalypse que está em andamento, acontecendo bem à nossa frente. Mas a maioria das pessoas não estão cientes de que são facilmente vítimas a ele. Mas, através de sensibilização, educação e estratégias proativas de auto-preservação, que cada um pode se recusar a se tornar uma vítima da agenda de despovoamento.

Nota importante: ( Todas as informações acima são sem comprovação por fontes oficiais, por meios científicos ou estudos mais aprofundados.) mera especulação.