Uma misteriosa nuvem fina e longa apareceu outra vez sobre um vulcão em Marte, O corpo gasoso foi visto flutuando sobre o vulcão Arsia Mons, de 20 quilômetros de altura, no Planeta Vermelho, em imagens capturadas pela ESA. O vulcão em si não está ativo há 50 milhões de anos, por isso é incrivelmente improvável que seja a causa da nuvem.

A nuvem é composta de gelo d’água, mas não parece ser de atividade vulcânica. O fluxo se forma à medida que o fluxo de ar é influenciado pelo lado do vulcão que não enfrenta o vento, desconcertando os cientistas.

CE4C828C-2A14-4E67-9FA3-47243C290386

Ele recebeu o nome de Arsia Mons Elongated Cloud (AMEC), mas os mistérios de por que ele é formado e por quanto tempo ele aparece e desaparece, ainda são desconhecidos.

“Investigamos esse fenômeno intrigante e esperávamos ver essa nuvem se formar agora”, explica Jorge Hernandez-Bernal, candidato a PhD na Universidade do País Basco.

“Essa nuvem alongada se forma a cada ano marciano durante esta temporada, ao redor do solstício do sul, e se repete por 80 dias ou mais, após um rápido ciclo diário. No entanto, ainda não sabemos se as nuvens são sempre tão impressionantes ”.

E10EFA36-347F-436C-BDF0-586EEEADEA62

Um ano marciano é de aproximadamente 687 dias terrestres. O solstício do sul é quando o Sol está na área mais ao sul do céu. Durante esse período, no início da manhã, a nuvem cresce por três horas antes de desaparecer rapidamente novamente.

Esta não é a primeira vez que a nuvem faz uma aparição. A estranha nuvem foi vista em 2018, onde se estendia por mais de 1.500 km da superfície do planeta no final de setembro, antes de desaparecer em meados de outubro.