Ellen, uma turista de Fort Smith (nome fictício), relata um encontro  assustador com um suposto Pé Grande no Parque Nacional Ozark –  Segundo Ellen, ela e seu marido Robert decidiram encontrar um lugar isolado para acampar por alguns dias longe da civilização e mesmo assim haviam muitos turistas, porém  estavam a muitos quilômetros de distância do local escolhido

Portanto, eles escolheram a área do antigo cemitério abandonado de Campbell, onde ninguém havia vagado lá  por cerca de cem anos. Eles se instalaram no local escolhido, montaram a barraca, de acordo com Ellen, ela e o marido após um tempo começaram a ouvir algo parecido com o rosnado de um animal, permeando o ar e vindo de algum lugar no matagal, um som grotesco, um grunhido assustador,  Depois de alguns minutos, o rosnado se intensificou e parecia estar mais perto do acampamento.

“Parecia que alguma criatura robusta havia encontrado seu almoço”, diz Ellen.
No entanto, o que assustou um pouco Ellen foi que seus cães, que sempre latiam à apharoximação de animais ou desconhecidos, eles ficaram extremamente assustados com algo desconhecido, de repente amontoaram-se perto da tenda e começaram a ganir em pânico .  Então Ellen e Robert, para de alguma forma animar os cachorros, saíram da tenda e também começaram a rosnar.  Mas a piada falhou.

Em resposta às suas vozes, o rosnado da moita tornou-se realmente agressivo e começou a se espalhar, de onde Ellen e Robert perceberam que havia pelo menos duas criaturas.  Ellen nem pensou em algum “Pé Grande” e presumiu que eram lobos grandes, ou mesmo ursos, quando de repente paus e pedras pesadas voaram para dentro da tenda.

Isso enfureceu Robert, presumindo que alguns hooligans estavam escondidos nos arbustos, Robert deu a ordem aos cães para ensinarem aos criminosos.

“Foi o maior erro da nossa vida”, diz Ellen e começa a chorar quando lembra do que ocorreu.
Segundo ela, quando os cachorros desapareceram no matagal, a princípio se ouviram sons de luta, depois um dos cachorros soltou um grito tão monstruoso que Ellen nunca tinha ouvido nada parecido em sua vida.  Depois disso, todos começaram a uivar, gemer e gritar desesperadamente, algo inusitado aconteceu, pedaços de cachorros voaram em direção à tenda.

A princípio, Ellen e Robert pensaram que eram pedras grandes de novo, mas quando viram que um cachorro rasgado ao meio havia sido atirado neles, ficaram em um horror indescritível, deixaram tudo para trás e correram desesperadamente e foi vir daquela situação. Eles foram primeiro à polícia relatar o caso inusitado.

A polícia foi ao local encontraram a barraca e equipamentos, mas não havia pedaços de cachorro lá, tinham sumido, o casal afirmava  que eles não estavam loucos que seus animais tinham sido destroçados.  No entanto a polícia não acreditou na história do casal dando por encerrado o caso, amigos disseram que nativos da região revelaram que  algo semelhante tinha acontecido no parque nacional antes com um outro casal e que as autoridades da região tinha conhecimento do caso.