Parece que tudo pode desaparecer sem deixar vestígios.  Tenho escrito extensivamente sobre pessoas desaparecidas, aviões desaparecidos e até armas nucleares desaparecidas.  O mundo parece às vezes engolir pessoas e coisas.  Ainda assim, entre essas muitas histórias, algumas se destacam como particularmente estranhas, ultrapassando os limites das possíveis respostas mundanas e se acomodando firmemente no mundo do estranho.  Certamente, um desses casos deve ser aquele que circulou falando de um trem inteiro que não apenas desapareceu sem deixar rastros, mas também aparentemente conseguiu viajar no tempo e no espaço.

A versão mais comum dessa estranha história começa em 14 de junho de 1911, com um novo trem de luxo de alta classe construído pela companhia ferroviária italiana Zanetti.  Em sua viagem inaugural, o novo trem passaria por paisagens cênicas e pelo túnel mais longo já construído na Europa até aquele ponto, que passava pela montanha da Lombardia, e para comemorar o evento a empresa convidou 100 pessoas importantes para o evento.

Houve muita fanfarra quando o trem de 3 vagões partiu de Roma, Itália, o trem era bem equipado com seus carros opulentos e serviço de alimentação suntuoso foi amplamente apresentado como o auge do conforto e o futuro das viagens ferroviárias, mas as coisas estavam prestes a ficar muito estranhas.

Segundo a história, o trem começou sua jornada sem incidentes, com todos os passageiros abastados muito felizes com a experiência, até chegar àquela extensão do túnel através da montanha.  O trem disparou na escuridão e, do outro lado, curiosos e repórteres esperaram que ele saísse em alta velocidade, mas aparentemente isso nunca aconteceu. 

Após algum tempo sem nenhum sinal de saída do trem, presumiu-se que houvesse um problema e que talvez o trem tivesse quebrado ou sofrido um acidente no túnel.  As autoridades organizaram ua equipe para entrar e dar uma olhada, eles caminharam por todo o comprimento de oitocentos metros do túnel procurando cada centímetro sem ver o trem.  Não apenas o trem não estava lá, mas eles não conseguiram encontrar absolutamente nenhum vestígio de que ele tivesse estado lá.

Pensando que ele poderia ter passado pela outra extremidade sem que ninguém o visse, as testemunhas do local foram entrevistadas, mas elas insistiram que não havia como perder o trem que saía do túnel e que ele simplesmente nunca apareceu.  E então a história fica ainda mais estranha.  Enquanto a busca continuava, as autoridades encontraram dois passageiros atordoados do trem, vagando em um estado bastante confuso com ferimentos leves. 

Os dois passageiros explicaram que pularam do trem em pânico após alguns eventos estranhos.  De acordo com eles, pouco antes de o trem entrar no túnel, houve um zumbido alto e baixo e uma repentina “névoa branca leitosa” que surgiu da escuridão e “engoliu o trem como uma onda”.  Assim que isso aconteceu, os passageiros, que até então estavam se divertindo, entraram em pânico, e foi quando decidiram arriscar e pular.  Tudo isso é muito bizarro como é, mas fica ainda mais estranho.

Aparentemente, aqueles que buscam respostas sobre o que aconteceu com o trem acabaram descobrindo alguns relatos estranhos que parecem sugerir que algo estranho estava acontecendo.  Um deles foi um curioso relato de mais de 400 anos antes, de um monge em Modena que escreveu sobre ter visto um grande tubo de metal com pessoas vestidas com roupas estranhas.  Então, no México, em 1845, houve um relatório no qual um psiquiatra escreveu que seu hospital havia recebido um grupo de 104 italianos vestidos com roupas incomuns.

Todos eles em estado de confusão e histeria, que alegavam serem de Roma e tinham  chegado em um trem.  Uma dessas pessoas misteriosas aparentemente tinha uma caixa de tabaco gravada com o ano de 1907, supostamente ainda em exibição em algum lugar do México.  Em 1955, um trem antiquado de 3 vagões foi visto supostamente passando perto de Zavalichi, um pequeno vilarejo na Ucrânia, com um trabalhador ferroviário dizendo que o misterioso trem estava completamente silencioso e havia atingido várias galinhas. 

Naquele mesmo ano, o trem misterioso foi visto novamente na cidade de Pune, no estado indiano de Maharashtra, com testemunhas explicando que viram passageiros dentro do vagão vestindo roupas antigas .  Em 1991, ele foi visto novamente em Poltava, no centro da Ucrânia, e o trem também foi visto na Rússia, Alemanha e Romênia, muitas vezes relatado como nem mesmo estando nos trilhos.

O que está acontecendo aqui?  Como um trem inteiro pode desaparecer e como ele pode aparecer em todos esses lugares remotos até muitas décadas depois e até mesmo em diferentes períodos do passado?  Ele estava preso em algum tipo de loop temporal, desvinculando-se de nossa realidade para ir disparando através das fronteiras do tempo e do espaço?