Foi um dia terrível para a humanidade: houve fogo, medo e muita dor no dia 11 de setembro de 2001 na cidade de Nova York, onde um atentado matou milhares de pessoas e ainda hoje gera muita polêmica.

E se de alguma forma essas pessoas que perderam suas vidas lá estivessem reencarnadas? Há relatos de crianças dando todos os detalhes do que aconteceu no dia 11 de setembro no World Trade Center, de uma forma que só quem estava lá saberia … São essas crianças reencarnadas, vítimas do 11 de setembro?


A reencarnação dos bombeiros que morreram no dia 11 de setembro e outros casos
Rachel Nolan é uma mãe que afirma que seu filho de quase 6 anos, Thomas, é a reencarnação de um bombeiro falecido. O menino fala há um ano sobre o que aconteceu no dia 11 de setembro durante os ataques ao World Trade Center.

Tudo começou quando o menino foi questionado sobre o que ele queria ser quando crescesse, ao que ele respondeu: “Não quero só ser bombeiro, sempre fui e sou bombeiro.”

Isso pegou todos de surpresa, mas ele continuou: “Eu costumava acordar de manhã, ir para o trabalho e à tarde ia para casa e tirava meu traje de proximidade.”

A mãe achou que eram apenas brincadeira de criança, embora achasse o nível de detalhes perturbador, por exemplo, ela disse que usou um machado para verificar se havia fogo atrás das paredes e fugir se houvesse perigo no local, mas algo mais chocante do que isso aconteceu quando o menino viu uma foto do World Trade Center em uma revista e disse:


“Homens maus queimaram esses prédios, as pessoas tiveram que pular e eu não pude evitar”, “Havia gente esperando.” “Bombeiros esperando por mim, mas eu não pude chegar lá para ajudá-los.”
Ao ouvir todos os detalhes do menino, sua mãe concluiu que alguém havia reencarnado no corpo de seu filho, então perguntou como ele foi parar ali.

Thomas deu detalhes do modelo exato do caminhão usado pelos bombeiros em Manhattan, um Ford Johnson R8. Rachel continuou a ouvir seu filho porque não havia bombeiros na família ou qualquer pessoa que pudesse dar detalhes sobre o que aconteceu nos ataques de 2001.

O menino falava com segurança como se fosse o bombeiro que vivia naquele corpinho depois de reencarnar, algo realmente incrível.
Outro caso de um menino que se dizia bombeiro que resgatava pessoas durante os ataques de 11 de setembro foi levantado por uma mulher que ligou para uma estação de rádio, dizendo que seu filho começou a descrever circunstâncias muito específicas daquele dia assim que começou a falar.

O menino até disse que tinha decidido que ela seria sua mãe. Esse é um assunto que não é muito discutido nos Estados Unidos, é um assunto delicado e muito difícil de comprovar.

Outra mãe chamada Lucy disse que seu filho de 6 anos também começou a descrever o que aconteceu durante o mesmo evento em 11 de setembro de 2001, mas neste caso seu filho afirmou ser um trabalhador que morreu na tragédia.


Quando lhe mostraram uma foto das torres, ele conseguiu identificar a janela onde trabalhava e disse para a mãe: “É lá que eu trabalhei, mãe”, o incrível nesse caso é que o menino diz que sentiu o queda do prédio e até disse: “Mãe, eu ainda estou enterrado lá.”


Esses casos nos dão evidências dos fenômenos estranhos e inexplicáveis da vida após a morte. Os casos de reencarnação de 11 de setembro deixam mais perguntas do que respostas, mas muito a dizer sobre a reencarnação e vidas passadas.

É possível?  Essas pessoas que morreram tragicamente poderiam voltar à vida em outros corpos?  Essas crianças devem continuar conversando e pesquisando para descobrir?