Por décadas, especialistas afirmaram que Titã é um dos melhores lugares para começar a procurar por sinais de vida alienígena. No entanto, uma imagem tirada do satélite de Saturno poderia revelar que não só existe vida, mas é inteligente.

A imagem analisada por Waring

O polêmico pesquisador e ufólogo Scott C. Waring, administrador do portal Ufo Sightings Daily, publicou uma imagem de Titã obtida pelo radar da Agência Espacial Européia.
Nele se observa o que poderia ser uma nave alienígena entrando em uma cidade desenvolvida.


Vida inteligente em Titã?
Waring afirmou que estava olhando para uma foto do satélite, que foi tirada graças ao radar do orbitador Cassini.

Ao detalhá-lo, percebeu que no canto inferior direito há uma estrutura tubular redonda feita pelo homem. Está escondido sob a superfície, mas é muito grande.

Embora tenha dificultado para ele estimar seu tamanho exato, ele acredita que teria cerca de 40 quilômetros de largura. O tamanho ideal para abrigar uma colônia alienígena.

Waring garante que é impossível para a natureza ter feito essa estrutura em Titã, então é mais provável que seja uma construção alienígena. O pesquisador sugere que pode ser um navio que pousou naquele local para fazer algum trabalho ou simplesmente para descansar.

No lado esquerdo, o objeto também é mais arredondado, como um disco, que provavelmente é a frente da nave.

E isso não poderia ser algo totalmente estranho, especialmente quando muitos cientistas revelaram ao longo de décadas que Titã é um candidato perfeito para a busca pela vida.

De acordo com especialistas, Titã é um lugar ideal para a vida nascer.
Ideal para a formação de vida?
O satélite natural de Saturno tem uma superfície coberta por lagos, rios e mares. No entanto, essas áreas são cobertas por metano e etano líquidos, em vez de água.

Isso torna o ar da superfície cheio de nitrogênio e metano, tornando-o tóxico para a vida humana. No entanto, o que nos faz pensar que uma vida alienígena que se desenvolveu de maneira diferente de nós não poderia viver em Titã?

Lago de metano em Titã

As missões Cassini-Huygens, nos últimos 20 anos, forneceram informações sobre a composição química do satélite. Isso levou especialistas a detectar a presença de poliimina, que pode levar à vida em temperaturas muito baixas. Na verdade, em seus primeiros dias, a vida na Terra começou graças à presença de cianeto de hidrogênio e poliimina.


De acordo com simulações de computador feitas por especialistas, todos esses dados sugerem que o que foi encontrado em Titã é uma química prebiótica. Ou seja, uma série de requisitos que podem levar à vida como a conhecemos.

Em segundo lugar, há uma grande possibilidade de que haja água líquida sob a superfície do satélite gelado, envolvendo um enorme oceano subterrâneo.

Isso poderia ser a prova de que existe uma civilização alienígena habitando Titã? Ou, pelo menos, é habitável o suficiente para uma civilização avançada tomá-lo como um lugar de passagem?