Caçadores de anomalias de imagens espaciais fizeram uma nova descoberta, desta vez na lua de Saturno, Titã, que, segundo alguns pesquisadores, poderia abrigar vida extraterrestre.

Pesquisadores atentos detectaram estruturas estranhas na superfície do satélite de Saturno, algo que eles sugerem que se assemelha a um labirinto.

Cortesia NASA

O conhecido pesquisador Scott Waring fez outra descoberta enquanto estudava imagens da NASA. Desta vez, descobriu o que chama de “labirinto alienígena” de 400 quilômetros na lua de Saturno, Titã.

Um labirinto em Titã?

Em primeiro lugar, o ufólogo se concentrou no fato de que, ao estudar as imagens, ele acrescentou mais nitidez, o que possibilitou ver estruturas misteriosas em Titã que se assemelham a um labirinto.

Waring, embora muito experiente nesses assuntos, ficou intrigado com o que viu nas imagens. Ele disse: “Como isso é possível fora da Terra?” Um labirinto em Titã?

Nesse contexto, o especialista sugeriu que o corpo celeste em questão não era um satélite, mas uma antiga estação espacial. Waring descobriu ainda que o labirinto estava marcado no mapa de Titã como Ginaza labirinto.

Foto NASA

Portanto, acredita o ufólogo, a NASA está ciente da existência dessas estruturas. O que a ciência convencional pode estar escondendo Waring disse: “É uma rede complexa e irregular de passagens ou caminhos que dificultam a orientação.

Esta era a prova que faltava que ele precisava. Ao designar esta área, a NASA reconheceu a existência dessas estruturas. Tal evidência é indiscutível. O raio de Titã é de 2.574 km, o que significa que a largura deste labirinto é de cerca de 70 km e o comprimento é superior a 400 km.

As paredes de algumas partes do labirinto têm uma altura de 0,25 a 75 km. Agora sabemos por que a NASA está desfocando tanto neste mapa de satélite.”

Outra visão do chamado “labirinto em Titã”.

Opiniões diversas da NASA Claro, houve uma discussão ativa sobre a descoberta. Muitos usuários estão simplesmente encantados com essa descoberta, chegando ao consenso de que esse misterioso labirinto foi construído por alguma civilização antiga.

Um usuário escreveu: “Nunca vi tantos ângulos retos e estruturas artificiais, é simplesmente fantástico. Acredito que todos os corpos celestes em nosso sistema solar tenham estruturas construídas por civilizações do passado e talvez até hoje.” No entanto, outros usuários não acreditam que tenha origens artificiais e que seja simplesmente uma estrutura natural encontrada em Titã.