Um dia antes da invasão russa da Ucrânia, um líquido vermelho escuro parecido com sangue começou a escorrer da estatua do Arcanjo Miguel.

Um fenômeno incomum foi notado por um moradora do Colorado americano.

Alicia Martinez, 57, é a dona da estátua do Arcanjo Miguel. Como ela admite, em 23 de fevereiro, poucas horas antes do ataque da Rússia à Ucrânia, ela notou um fenômeno perturbador.

Da testa da estátua do Arcanjo Miguel, um líquido parecido com sangue começou a sair.

Enquanto falava com uma amiga ao telefone, uma de suas colegas de quarto bateu na porta de seu quarto dizendo-lhe para vir rapidamente.

Perguntei a ele o que estava acontecendo, mas ele estava ali tremendo”,

disse Alicia.

Foi quando ela testemunhou sua estátua de São Miguel parecendo sangrar do lado direito de sua cabeça.

“Ele não está chorando”,

explicou Martinez, que é originalmente de Zacatecas, México.

“Ele está sangrando na testa. O sangue passa ao redor de seus olhos. Não entra em seus olhos.”

“O que eu estava vendo era algo real. Foi algo que não tem explicação, isso não é fraude e não é para se tornar famosa. Nada disso. Eu sei que é algo divino de Deus que não acontece com todos.”

Ela acrescentou:

“Estava pingando como quando você se corta e o sangue escorre; foi assim”.

“Eu disse: “Deus, é algo bom ou algo ruim. Não sei o que é, mas está acontecendo alguma coisa aqui”,

confessou a mulher.

Alicia Martinez ligou para um padre que conhecia que lhe disse que não precisava ter medo do fenômeno e que deveria rezar.

De acordo com catholicnewsagency.com, a figura do arcanjo estava sangrando por uma semana. O fenômeno diminuiu quando o líquido começou a pingar na cabeça do diabo, que o Arcanjo Miguel está segurando sob o pé.

Após postar o vídeo no Facebook, Martinez, que trabalha em uma mercearia, recebeu vários comentários de que só buscava dinheiro ou fama, o que a levou a remover o vídeo.

Ela expressou várias vezes que essa não era sua intenção ao compartilhar o vídeo, mas que era

“algo real que aconteceu com eles (ela e seus colegas de quarto)”.

Um morador de 57 anos do Colorado entrou em contato com a Arquidiocese de Denver para investigar o fenômeno incomum.

Miguel Arcanjo é o santo padroeiro de Kiev, e sua figura está localizada no centro da cidade, na Praça da Independência.