Embora esses insetos sejam considerados detestáveis, eles desempenham importantes funções na natureza

As baratas são um dos insetos mais detestados do mundo, provocando medo e nojo em quem cruza o seu caminho. Com fama de ser uma espécie “indestrutível” elas habitam nosso planeta há 300 milhões de anos. Apesar de serem vetores de doenças para humanos (já que habitam os esgotos), esses bichos possuem funções importantes na natureza.

Importância das baratas para a natureza

Em primeiro lugar, as cerca de cinco mil espécies de baratas que existem no mundo são uma importante fonte de alimento para vários organismos, incluindo artrópodes, aves e mamíferos. Assim, elas são uma parte importante da cadeia alimentar.

Qualquer redução no número de baratas teria um efeito em cascata no bem-estar de todas essas espécies, o que poderia resultar em consequências devastadoras para a vida selvagem em todo o mundo.

Além disso, esses insetos são fundamentais para o ciclo do nitrogênio. “A maioria das baratas se alimenta de matéria orgânica em decomposição, que retém muito nitrogênio”, explicou Srini Kambhampati, professor de biologia da Universidade do Texas em entrevista ao Huffington Post.

Liberado nas fezes dos insetos, esse nitrogênio entra no solo e serve como fertilizante paras as plantas. “Em outras palavras, a extinção de baratas teria um grande impacto na saúde das florestas e, portanto, indiretamente em todas as espécies que vivem lá”, concluiu.

Curiosamente, em alguns lugares do mundo (especialmente na Ásia), as baratas são consumidas por humanos, embora isso não seja algo comum. Na China, esses insetos são até mesmo criado em fazendas. Mas, nesse caso, sua função não é a alimentação, mas a produção de medicamentos.