Ele se chama Huston Plan e é um informante oculto do governo. Huston revela que o presidente Nixon escondeu uma Capsula do Tempo dentro da Casa Branca que contém revelações explosivas sobre OVNIs e Extraterrestres.

Três reuniões que mudam a história
Em um episódio do documento da TV intitulado Undercover Huston Plan Insider, o jornalista Robert Merritt deu um passo pela primeira vez em público e revelou suas três reuniões com o presidente Richard Nixon em um bunker subterrâneo profundo abaixo da Casa Branca (The Casa Branca!).

Neste lugar, o ex-presidente dos EUA, Richard Nixon, escondeu uma cápsula do tempo com informações altamente secretas de alta qualidade da Casa Branca depois dos fatos sobre o Watergate.

Presidente Nixon

Nessa ocasião, o Presidente Nixon revelou a Robert Message uma mensagem especial que o próprio Nixon leu em voz alta antes de selá-lo na Casa Branca para que as gerações posteriores soubessem sobre a Verdade.

A carta continha informações que os Estados Unidos obtiveram e tinham sob sua proteção um ser extraterrestre. No final os cientistas de Los Alamos aprenderam a se comunicar com este ser e desenvolveram um amplo conhecimento dessa interação que os ajudou a alcançar tecnologia e ciência avançadas. Nixon disse a Bob Merrit que entregou uma cópia a Henry Kissinger.

Em uma reunião noturna no bunker secreto da Casa Branca, Nixon notificou um pacote contendo a carta e entregou-a a Merritt e pediu-lhe que atuasse como um mensageiro secreto para entregá-lo posteriormente ao assessor de segurança nacional Henry Kissinger. Nixon disse a Merritt que só ele e Kissinger sabiam sobre a carta e que não deveria cair nas mãos do FBI ou da CIA.

Nixon desenvolveu uma grande confiança com Merritt, que o designou como agente secreto do programa Ultra Top Secret Huston Plan, uma Unidade de Inteligência Covert dirigida para fora da Casa Branca para executar Black Ops e Vigilância contra os inimigos políticos de Nixon.

Durante sua longa história de trabalho clandestino para agências de inteligência, Merritt trabalhou como agente secreto sexual para obter material comprometendo senadores e congressistas para poder chantagear.

Merritt tinha sido usado pela CIA, o FBI e o ATF como Deep Undercover Informant e encontrou-se em destaque nas audiências de Watergate e mais tarde apareceu no New York Times. Eventualmente Merritt foi forçado a ficar quieto para se manter vivo.

Um avanço especial em nome da Merritt, vem do ex-advogado Douglas Caddy, da Watergate, que enviou uma carta aos arquivos nacionais com uma promessa de dar instruções para encontrar a ET Time Capsule do presidente Nixon, cápsula que Merritt está convencido de que ainda é onde Nixon ele colocou-o em 1972.

As condições estabelecidas na carta, instruem os arquivos nacionais que podem tomar posse da carta quando ela for encontrada, desde que ela a leia em voz alta quando for descoberta e distribuída abertamente ao público.