Batizado de 7335 (1989 JA), ele tem o dobro do tamanho do edifício mais alto do mundo e passará perto do nosso planeta nesta sexta-feira (27)

A NASA informou que um asteroide gigantesco passará relativamente perto do planeta Terra na próxima sexta-feira, 27 de maio, e emitiu um alerta devido às dimensões da rocha espacial, que tem cerca de 1600 metros de diâmetro.

Embora o protocolo estabeleça que a rocha espacial está dentro da categoria de objetos potencialmente perigosos, não há risco de colisão com o nosso planeta.

Consequências de um impacto de asteroide

Batizado de 7335 (1989 JA), o asteroide tem o dobro do tamanho do Burj Khalifa, o maior edifício do mundo. Segundo a NASA, o objeto passará a uma distância aproximada de 4 milhões de quilômetros, ou seja, cerca de dez vezes a distância média entre a Terra e a Lua.

Seu ponto máximo de aproximação acontecerá às 14h26 UTC da próxima sexta, quando viajará a cerca de 47 mil quilômetros por hora, o que representa 14,5 vezes a velocidade de uma bala.

Pelos critérios da agência espacial dos Estados Unidos, são considerados potencialmente perigosos os objetos com mais de 140 metros de diâmetro que se aproximam do nosso planeta a uma distância de 0,05 unidades astronômicas (ou 6 milhões de quilômetros).

Em caso de impacto, asteroides do tipo podem desencadear tsunamis devastadores, terremotos e efeitos secundários que se estenderiam muito além da área de colisão.

Recentemente, a NASA lançou uma missão que tem como objetivo se chocar contra um asteroide que está próximo da Terra. A ideia do projeto é verificar a possibilidade de alterar a órbita de uma rocha espacial em caso de ameaça ao planeta. Se tudo der certo, o alvo deve ser atingido em setembro de 2022.